parklet-florianopolis1

A Câmara Municipal de Florianópolis aprovou dia 06 de dezembro de 2016, o Projeto de Lei nº 15.855/2016, que regulamenta a instalação e uso do parklet, extensão temporária de passeio público. Este projeto surgiu do Gabinete do Vereador Ed, Edmilson Pereira, e estava na Câmara de Vereadores desde 2014.

O parklet é uma mini praça que ocupa temporariamente o espaço de vagas de carro. Ele vira uma extensão da calçada, dando acesso ao público e proporcionando espaços de lazer e convívio para a sociedade. O parklet é uma forma inovadora de qualificar o uso do espaço público de maneira democrática e sustentável.

Os modelos de parklets são variados, oferecendo alguns elementos para uma pausa e descanso como: bancos, banquetas, cadeiras, mesas, bancadas e ombrelones. Quando posicionado perto de algum bar ou restaurante, o parklet costuma oferecer também o serviço de wi-fi. Ter elementos para se exercitar como barras e equipamentos de ginástica especializados para área externa pode ser outro atrativo dos parklets, em especial em cidades com praia. Até para os bichinhos de estimação também pode ter espaço: muitos parklet oferecem argolas para amarrar as coleiras e potes de água. Alguns possuem bicicletário, colaborando com os ciclistas que usam a bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia e também com os ciclistas que estão a passeio.

O paisagismo nos parklets é essencial tanto quanto os materiais recicláveis e renováveis que devem ser utilizados para compor os mesmos, colaborando assim com o meio ambiente e projetando o urbanismo das cidades de maneira sustentável.

O conceito de parklet foi criado em São Fransciso, na California (Estados Unidos), no ano de 2003. A ideia surgiu da necessidade de se discutir o espaço dedicado aos carros x o espaço dedicado às pessoas. Foi feito um protótipo para experimentação da sociedade e devido ao sucesso, o parklet foi regulamentado. No Brasil os parklets chegaram em 2013 primeiramente em São Paulo, e foram se espalhando por outras cidades.

O primeiro parklet de Florianópolis foi instalado em 2015, durante a Bienal Brasileira de Design, na Rua Luiz Delfino no Centro. Com seus 30m², atraiu muitos moradores da região, pedestres e frequentadores dos comércios do local.

Segundo as regras estabelecidas, o parklet deve ser instalado em uma área que ocupe de três a quatro vagas de carros e poderá ter um fluxo diário de cerca de 300 pessoas. Entre outras regras, fica estabelecido que os parklets podem ser instalados apenas nas vagas de estacionamentos de vias e logradouros públicos que tenham velocidade máxima de 40km/h e que não apresentam trânsito intenso de veículos automotores.

O projeto de implantação dos parklets deve atender às normas estabelecidas pelo Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis. Cabe ao IPUF avaliar os pedidos, levando em consideração o interesse público e o cumprimento de todos os requisitos determinados pela lei.

De acordo com o vereador Edmilson Pereira Júnior do PSB, a ideia da instalação dos parklets em Florianópolis tem como principal objetivo: ”construir uma nova urbanidade, de modo a incentivar a apropriação dos espaços públicos, bem como, promover a interação e o convívio dentre cidadãos através do lazer e recreação”. Tal projeto é uma forma de contribuir para o crescimento da cidade, de modo a torná-la mais humana e sustentável regulamentados espaços de uso exclusivo de pessoas ao invés de carros.

parklet-florianopolis2